04 abril, 2009

A nossa vida é um eterno aprendizado ...



...



Através da doutrina que creio, tenho a certeza de que antes mesmo de chegarmos ao ventre de nossa mãe, passamos por uma série de aprendizados para que nos tornemos nesta vida, pessoas melhores das que fomos nas vidas passadas ...

Lá no ventre aprendemos a viver, a nos alimentar, a “respirar”, a nos mexer ... e de repente uma luz ao final do túnel aparece e já saímos aprendendo a chorar ...

Um choro que ao longo de nossas vidas irá nos acompanhar, seja ele de alegria, seja ele de tristeza ...

Uma linguagem que aprendemos antes mesmo das primeiras palavras ... um aprendizado ... já que basta colocar o choro para fora e logo aquela mamadeira maravilhosa aparecia para nos alimentar ... choro para avisar que queremos carinho ... choro para avisar que nossa fraldinha estava suja ...

Choro para demonstrar saudade, do pai, da mãe ... que foi trabalhar ...

Vem os primeiros passinhos, a primeira queda de bicicleta, a primeira tolice, a primeira malcriação ... e junto com eles todos, o choro vem acompanhado ...

Vamos crescendo e a primeira nota baixa é sinônimo de choro ... seja por não ter conseguido alcançar o sucesso naquela prova, seja pela bronca dos nossos pais ...

A primeira espinha aparece ... que horror !!!! E o espelho é o culpado pelas lágrimas, pouco antes daquele compromisso tão importante ...

Os amores aparecem e choramos de alegria, de ciúme, de raiva, de saudade ... nossos mimos se confundem com as lágrimas que rolam pelo travesseiro ...

Para uns ... 1 ... 2 ... 3 ... amores ...

Alguns tão duradouros, que chegam a ser eternos ... outros tão rápidos que as lágrimas nem conseguem secar ...

É a vida !!!

Choro no resultado do vestibular, no primeiro emprego ... na hora do sim, do casamento ...
Na emoção do primeiro filho ...

Na partida de um ente querido...

Para uns a eternidade ... para outros o recomeço ou a tentativa de um recomeço ... entre lágrimas ...

... as lágrimas de uma partida para mim, é muito dolorosa ... principalmente quando as lagrimas são da partida do meu amor ...

Partir 1 ... 2 ... 3 ... 4 ... vezes ... deixar lacunas de mistério, de incertezas, de inúmeros significados ... viver sob lágrimas ...

A alegria do retorno faz rubrar as faces da paixão, que de alegria faz derreter o coração ...

E as lagrimas que iluminavam os olhos da paixão se vêem novamente em volta a tristeza ...

às lágrimas ...

do amor que se foi ...

com a certeza de não haver mais o brilho da lágrima da vida eterna ...

restando apenas o aprendizado, de voltar a viver ...


na

Saudade!

Um comentário:

L~^ disse...

Vi,que linda a colocação,o desabafo,e as verdades nas linhas colocadas. Parabéns, e que vc seja sempre protegida e fortalecida.A vida é um eterno aprendizado mesmo,e que possamos fazer dos nossos caminhos a melhor universidade,onde aprenderemos um pouquinho cada vez mais, principalmente aprender nos resignar diante a própria vida.